5 das maiores tragédias ambientais no Brasil

Tragédia ambiental é um evento catastrófico em relação ao meio ambiente, que ao contrário de um desastre natural, acontece devido às atividades humanas.

Em resumo, uma tragédia ambiental consiste na alteração significativa do meio ambiente em si, ou seja, uma tragédia que envolva fatores do meio ambiente como água, terra, árvores e outros, sendo provocada por meio de uma ação humana ou por fenômenos de caráter natural.

Nos últimos 30 anos, a grande quantidade de tragédias ambientais acabou acarretando em uma diversidade de danos para a população brasileira, deixando marcas profundas e por vezes irreparáveis.

Conheça 5 das maiores tragédias ambientais no Brasil:

  • Goiânia, em 1987: esse é considerado um dos mais graves casos de radiação em todo o mundo, considerando o uso de um material radioativo chamado Césio 137. O motivo inicial de tudo foi o arrombamento de um aparelho radiológico por dois catadores de lixo. O aparelho se encontrava em um hospital abandonado. No processo, os dois acabaram encontrando um pó branco que tinha a capacidade de emitir uma luz azulada. Ao deslocar esse pó para outros pontos da cidade, eles acabaram contaminando o ar, solo, água e também muitas pessoas.
  • Baía de Guanabara, em 2000: Em janeiro, o Ibama aplicou duas multas à Petrobras, uma de R$ 50 milhões e outra de R$ 1,5 milhão, após o vazamento de 1,3 milhão de litros de óleo in natura na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro (RJ). Um acidente com um navio petroleiro resultou no vazamento. O incidente causou morte da fauna local e poluiu também o solo em vários municípios, como Magé.
  • Miraí, em 2007: uma barragem se rompeu nessa cidade mineira, causando um grande vazamento de mais de dois milhões de metros cúbicos de água e argila. Muitas casas e pessoas foram atingidas e a empresa foi multada em R$ 75 milhões, mas os danos ainda permanecem evidentes.
  • Mariana, em 2015: esse é uma das tragédias ambientais que mais chamou a nossa atenção. Afinal, ela é uma das mais recentes e que foi muito comentada na mídia internacional. Trata-se do rompimento da Barragem da Samarco, que acarretou a liberação de cerca de 62 milhões de metros cúbicos de rejeitos na cidade. Matando 19 pessoas (entre moradores e funcionários da empresa), destruindo centenas de imóveis e deixando milhares de pessoas desabrigadas.
  • Brumadinho, em 2019: Sem dúvidas, além da mais recente essa é a maior tragédia ambiental da história do Brasil. Uma barragem pertencente à mineradora Vale rompeu-se no dia 25 de janeiro de 2019, desencadeando uma onda de lama que destruiu casas, vegetações e matou várias pessoas e animais. A barragem que se rompeu em Brumadinho estava segundo a mineradora Vale inativa desde 2015, último ano em que recebeu rejeitos provenientes da produção da Mina Córrego do Feijão. Esta foi considerada a maior tragédia ambiental da história, pois deixou 177 mortos e 134 pessoas desaparecidas.

Diante de tantas tragédias já ocorridas, a preservação da natureza é uma das maiores preocupações dos tempos atuais, principalmente porque os efeitos são arrastados por anos e mais anos à frente, e reverter essa situação dependerá da forma como lidamos com as situações e pequenas atitudes nossas que podem gerar grandes consequências.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.