Clonagem de cartão: como agir e se proteger

Um dos principais receios das pessoas que possuem algum tipo de cartão é a de tê-lo clonado, pois isso pode representar muitos problemas. A clonagem de cartão é uma fraude que existe há muitos anos e acaba sendo mais comum do que imaginamos. 

Por meio dela, o criminoso consegue realizar compras com o cartão de outra pessoa. O resultado disso é que quem acaba tendo que pagar é o dono do cartão que, na verdade, não é o responsável pelos gastos.

Com o passar do tempo e com o avanço da tecnologia,  já é possível estornar esses valores. Além disso, foram desenvolvidos meios mais seguros para amenizar os riscos de o indivíduo ter o seu cartão clonado. 

Quer entender mais sobre clonagem de cartão e como se proteger? Confira tudo a seguir. 

O que é cartão? 

O cartão é uma forma fazer compras sem ter dinheiro em mãos. O mais tradicional é que instituições bancárias criem e administrem cartões para seus clientes, liberando uma determinada quantia de limite de acordo com o perfil de cada consumidor. 

Isso significa que você pode gastar até determinado limite e o cartão só será liberado novamente quando você efetuar o pagamento da fatura. 

Por meio dele, é possível fazer compras à vista e parceladas. Com o passar do tempo, os cartões também estão se tornando mais modernos e digitais. 

Hoje, não é preciso mais ter necessariamente uma conta em banco para ter um cartão. Você o usa no momento de pagar suas contas e comprar em estabelecimentos que são credenciados com bandeiras, como Visa, Mastercard e Elo. 

Cada indivíduo possui uma senha e somente com ela é possível efetivar as compras, gerando uma certa proteção contra possíveis fraudes. 

Tipos de cartão 

Há alguns tipos de cartão no mercado: de crédito, de débito e pré-pago, basicamente. É possível encontrar alguns que possuam tanto a função de crédito quanto de débito, apesar do mais comum é o cartão oferecer um ou outro.

Atualmente, um cartão também pode ou não estar ligado a uma conta corrente. Quando integra uma modalidade bancária, os pagamentos de fatura podem ser feitos automaticamente, descontados do saldo da conta corrente; senão, são feitos por boleto. 

No cartão de crédito, é liberado um determinado limite ao cliente, que vai aumentando conforme ele paga as contas e aumenta a sua boa reputação no mercado. 

O dinheiro não é descontado na hora, apenas do seu limite e no início do mês você realiza o pagamento do que gastou, e o seu limite volta a ficar inteiro. É possível fazer compras à vista ou parceladas. 

No cartão de débito, somente é possível fazer compras à vista, pois o pagamento é debitado na hora. Isso significa que, para usar o cartão de débito, você precisa ter saldo em sua conta, seja ela corrente ou poupança. 

Necessariamente, neste caso o cartão de débito precisa estar ligado a uma conta, para que os valores sejam debitados automaticamente. Em ambos, cada indivíduo possui uma senha para realizar as operações. 

Já o cartão pré-pago, é bem parecido com o cartão de débito. Para usá-lo, o indivíduo precisa fazer uma recarga no valor desejado. Assim, poderá utilizá-lo em estabelecimentos e para pagar contas. Você só gasta a quantia que recarregar. 

Como é feita a clonagem de cartão 

A clonagem de cartão, infelizmente, é algo muito comum e ainda acontece em grandes porcentagens pelo mundo inteiro. Atualmente, os cartões possuem chips e isso tem ajudado a diminuir as fraudes, mas ainda há outras maneiras delas acontecerem. 

Quando o cartão era usado em caixas eletrônicos de uma agência, os criminosos agiam copiando as trilhas magnéticas através de um aparelho. Além disso, também filmavam o cliente digitando a senha. 

No entanto, com a tecnologia ficando mais avançada e oferecendo mais segurança, foram modificadas e “melhoradas” as técnicas de clonar cartões.

Tudo que é preciso fazer, atualmente, é encontrar um arquivo espião e, assim, tanto a senha quanto o número do cartão são roubados do computador/celular do indivíduo, principalmente se ele administra sua conta por meio de aplicativos. 

A realização desta fraude ainda conta com impressoras de cartões, máquinas para gerar hologramas e muitos outros equipamentos. 

O que fazer quando um cartão é clonado? 

Quando um cartão é clonado, significa que os seus dados foram roubados e estão sendo usados por outras pessoas. Isso inclui o número, nome do titular, código de segurança e a data de vencimento. 

Atualmente, já existem muitas formas de resolver a clonagem de cartão. Um dos primeiros passos é bloqueá-lo, seja pelo aplicativo – se for possível – ou diretamente em uma agência. 

Em seguida, deve-se entrar em contato com a empresa responsável pelo cartão e informá-la sobre tais movimentações que não foram realizadas por você. 

O procedimento padrão nesses casos é: 

  1. Cancelar o cartão clonado;
  2. Estornar o valor das compras;
  3. Emitir um novo cartão.

É necessário boletim de ocorrência? 

O boletim de ocorrência é recomendado em muitos dos casos de clonagem. Você deve entrar em contato com a empresa que administra o cartão e explicar a situação. 

Se você deseja uma investigação mais a fundo, é importante fazer um boletim de ocorrência. Assim, a polícia fica ciente do ocorrido e você tem o registro de que não reconhece determinados gastos da fatura. 

Como evitar fraudes no cartão? 

Se você tem um cartão, não se preocupe. Hoje, é mais difícil a clonagem acontecer quando você usa o cartão em algum estabelecimento, devido à implantação do chip.

Mesmo assim, existem outros meios de sofrer uma fraude, por isso é importante saber como evitá-las. 

Existem alguns cuidados para evitar que o seu cartão seja clonado:

  • Segurança: se você for fazer compras pela internet, antes de tudo se certifique de que o site é seguro, buscando saber mais sobre a reputação da loja. 
  • Preços muito baixos – outra dica valiosa é desconfiar quando algumas lojas oferecem preços muito abaixo do normal para um determinado produto, pois acredite, essa também é uma estratégia para roubar dados do seu cartão. 
  • Não expor dados – evite também compartilhar informações sobre o seu cartão nas redes sociais, tendo cuidado para não mandar imagens e nem enviar seus dados através de aplicativos. 
  • Cartão virtual – se você tiver oportunidade, use-o ao fazer compras online, pois, em caso de fraude, somente os dados do cartão virtual serão roubados e seu cartão físico se mantém intacto. 

Riscos de clonagem de cartão no e-commerce 

Com o crescimento das vendas pela internet, também houve um aumento nas fraudes envolvendo compras online. 

A clonagem de cartão no e-commerce também pode acontecer, por isso é muito importante que você siga nossas dicas e opte por usar um cartão virtual – se a sua administradora lhe dá essa opção. 

Estudos já foram realizados e comprovaram que de R$100 em compras no e-commerce, pelo menos mais de R$3,00 são respectivos a tentativas de fraude ou de fraude realizada. É preciso ter bastante cuidado. 

Crescimento de golpes com cartão na internet 

Os números de fraudes com cartão de crédito também cresceram na internet, pois os criminosos estão sempre encontrando novas maneiras de espionar indivíduos e seus dados pessoais. 

O mais comum é enviar arquivos maliciosos através de e-mails para roubar número do cartão, data de validade e todos os demais dados. Tendo os dados do cartão, qualquer um pode realizar compras com ele. É preciso tomar cuidado em tudo que você clica, não somente no seu e-mail, como também nos aplicativos. 

Muitas vezes, somente abrir o e-mail para realizar a leitura já é o suficiente para que o arquivo espião entre no seu computador ou celular e roube as informações. 

Estes arquivos maliciosos já estão se expandindo e podem ser enviados até mesmo por aplicativos de mensagem ou em sites na internet. 

Como se prevenir contra clonagem de cartão 

Você pode se prevenir contra a clonagem de cartão, mas, mesmo assim, há sempre alguma chance de acontecer. No entanto, isso não é motivo para você não ter um cartão, afinal cada vez estão surgindo novas maneiras de solucionar esse problema. 

Para se prevenir, ao realizar compras na internet opte pelo uso do cartão virtual – se você tiver essa opção disponível. Compre somente de lojas e sites confiáveis e não passe os dados do seu cartão para ninguém. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.