Setor de serviços de Consertos de roupas sofre com a pandemia

Consertar roupas em São Paulo parece não ser uma das prioridades das pessoas por enquanto

Se por um lado o varejo tem aumentado consideravelmente durante a pandemia, o mesmo não pode dizer em relação ao setor de serviços em geral. Um dos setores que mais sofreram com a pandemia é o setor de Consertos de Roupas uma vez que de imediato as pessoas pararam de comprar roupas e a ordem foi “ficar em casa” e nada mais do que o bom e velho pijama foi usado quase que o dia todo.

De mãos dadas com o Mundo da Moda, se muito menos pessoas estão comprando roupas consequentemente menos pessoas ainda estão procurando por Ajustes de Roupas. Consequentemente o desemprego e ou afastamento das costureiras foi inevitável, e muitas dessas costureiras tiveram de se reinventar fazendo máscaras de proteção contra a Covid 19.

Entretanto, aos poucos o comércio volta a funcionar em São Paulo e timidamente as pessoas também voltam a procurar por Consertos de Roupas em Sp e demais Estados do País. Contudo, muitos eventos ainda estão parados como, por exemplo, casamentos, festas e jogos. Então automaticamente os ateliês de ajustes de vestidos de noivas e reformas de vestidos de festas ainda estão sem os clientes buscando por isso.

Nicho específico de costuras

Conversando com o proprietário do Atelier de Costuras Ellegancy, o Sérgio nos disse que o que fez a diferença nesses tempos de pandemia, além das máscaras de tecido, foram os vários clientes motociclistas que entraram em contato para reformar jaqueta de couro, ajustar macacão de motociclista e isso não só em São Paulo, mas no Brasil inteiro.

Fazemos ajustes em jaquetas de couro e macacão de motociclista há mais de 10 anos, mas nunca atendemos tantos motociclistas como agora. Acho que o pessoal teve uma autonomia maior por trabalharem home office e vieram nos procurar para todo tipo de manutenção em couro e cordura das peças, e acredito que o alto nível de stress gerado durante a pandemia fez com que eles pilotassem ainda mais suas motos, pois muitos deles nos diziam e ainda dizem isso. Alguns ainda brincam que as próprias esposas falam para eles pegarem a moto e sumirem até passar o stress, e eles prontamente obedecem rsrs.

O que vai ser do setor de costuras daqui por diante

Ninguém sabe ao certo, pois os Ateliês de Costuras demitiram muitas costureiras especializadas em ajustes de roupas e à medida que o Mercado voltar a aquecer as contratações deve aumentar consideravelmente. Todavia, as pessoas estão sem dinheiro e com muito mais receio de adquirir serviços, preferindo optar por produtos principalmente quem ficou desempregado, no intuito de vender algo para fazer renda.  Daí a diferença do crescimento do varejo x recuo na venda de serviços.

Queda de qualidade por parte das empresas

O que apuramos nesse blog é que muitas lojas estão dizendo que os aviamentos de costuras começaram a vir com menos qualidade do que antes da pandemia. Então é elástico com menos eficácia, linhas pesponto de calça jeans nitidamente mais fina, agulhas de máquinas mais frágeis e tudo isso acarreta na perda de qualidade dos ajustes de roupas para os clientes, pois se as costureiras não utilizarem os melhores materiais, por mais que costurem bem, as roupas não terão a mesma qualidade e durabilidade como, por exemplo, a troca de zíper numa jaqueta de couro, a renda de um vestido de noiva, entre outros.

Portanto os inconvenientes não param de uma hora para outra e ainda existem os problemas psicológicos causados por toda essa pandemia, os problemas financeiros onde funcionárias muitas vezes estão sendo cobradas por administradoras de imóveis em seus aluguéis, administradoras de cartões de crédito, e assim por diante.

Está sendo um desafio imenso para o setor se manter vivo e a criatividade  aliada ao processo administrativo contarão muito nessa hora para que a empresa mude esse cenário. Quem não criou Grupos de transmissão no Whats App, quem não tinha suas redes sociais ativas, quem não fazia vídeos no Youtube provavelmente esteja falindo ou já faliu.

Agora é hora de mais do que nunca planejar cada estratégia, planejá-la e colocá-la(s) em prática a fim de resgatar clientes antigos, adquirir novos clientes, melhorar o processo de vendas do Ateliê de Costuras. E você prezado leitor, já pensa em voltar a fazer ajustes de roupas ou para você esse serviço ainda pode ser adiado? Sua opinião é muito importante para esse Blog.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.